As 8 melhores alternativas substitutas ao Windows Movie Maker

Editado pela Rodrigo Alves

1 de setembro de 2021

O Windows Movie Maker é um software gratuito de edição de vídeos lançado pela Microsoft no ano 2000 e foi, ao longo de muito tempo, a principal referência quando o assunto é edição de vídeo amador.

O programa se tornou o editor de vídeo queridinho do público por disponibilizar diversas ferramentas de efeitos audiovisuais em um formato simplificado e fácil de usar. Além disso, o software fazia parte do pacote Windows Essentials, e já vinha instalado gratuitamente na maioria dos PCs com sistema operacional Windows.

Em janeiro de 2017 o software foi descontinuado pela Microsoft e não está mais disponível para download, deixando muitos usuários órfãos e em busca de novos programas substitutos ao Windows Movie Maker. Confira abaixo a lista que preparamos com as 8 melhores alternativas de programas para edição e montagem de vídeos, semelhantes ao Movie maker.

Melhores programas substitutos do Windows Movie Maker

Para você que está procurando um editor de vídeos substituto do Windows Movie Maker, preparamos uma lista com os 8 melhores programas para PCs de montagem e edição de vídeos, bem parecidos com o Movie Maker, que oferecem excelentes ferramentas e geram resultados incríveis. Confira!

Nossa lista começa com um editor de vídeo bastante potente e que atende muito bem, tanto profissionais da área quanto aqueles que estão começando a descobrir como editar. O Movavi Video Editor Plus é um software de criação e edição de vídeos que promete resultados profissionais, estando disponível para download em PCs com sistema operacional Windows e Mac.

O programa apresenta uma interface simples e intuitiva, com comandos de fácil acesso, e uma linha do tempo dividida em pistas, sendo uma para vídeo, outra para áudio e uma terceira para textos. Para aqueles usuários que buscam por mais praticidade na hora de editar, o programa permite escolher entre aplicar os efeitos automáticos, além da possibilidade de adicionar manualmente as opções oferecidas.

O Movavi Video Editor Plus suporta arquivos de vídeos e áudios nos formatos DVD (VOB), AVI, MP4, MKV, FLV, QuickTime (MOV) e MP3, além de carregar arquivos de aparelhos em 3D, de webcam. Outra possibilidade do editor é a permissão de entrada de outros dispositivos, a exemplo de microfones, para gravação direta no aplicativo.

O programa, que já possui opção de idioma em português, tem um potente processador que não sobrecarrega o computador, e disponibiliza aos usuários uma versão para testes grátis que dura por alguns dias, o que pode ajudar os novos usuários a conhecer melhor as suas funcionalidades.

Prós

  • Processador potente e rápido
  • Interface simples e intuitiva
  • Disponível em português
  • Suporte para diversos formatos de arquivo
  • Versão de teste gratuita

Contras

  • Versão de teste limitada e dura apenas 7 dias

Esse programa é a versão grátis dos famosos softwares de edição DaVinci Resolve Studio e DaVinci Resolve Advanced. O programa possui recursos bastante avançados, chegando a ser quase igual das suas edições pagas, e se destaca principalmente pelas ferramentas de tratamento e correção de cor, consideradas por muitos como as melhores do mercado.

O DaVinci Resolve é ideal para quem já possui alguma experiência com edição de vídeo, pois a sua interface poderá confundir um pouco os usuários iniciantes. Outro ponto que precisa ser considerado, mesmo por editores com mais experiência, é que o software é um pouco pesado e PCs com hardware mais fraco podem ter dificuldades para rodar o programa.

Para quem pensa em baixar o DaVinci Resolve é importante saber que ele está disponível apenas para download em PCs com sistema operacional Mac 10.15 catalina e Windows 10. Outro ponto que precisa ser observado por quem deseja conhecer melhor o programa é que ele ainda não possui versão em português.

Prós

  • Programa grátis bem similar às versões pagas
  • Editor de vídeo profissional
  • Ferramentas de correção de cor conceituadas no mercado

Contras

  • Exige computador potente
  • Interface gráfica pode intimidar iniciantes
  • Não possui versão em portugues

O ApowerEdit entra na nossa lista como mais um dos editores de vídeo que buscam facilitar a vida dos seus usuários, principalmente aqueles menos experientes. Para isso, ele apresenta uma interface clara e intuitiva, baseada em guias que são totalmente auto-explicativas.

O programa, que disponibiliza versão para testes grátis, pode ser instalado em PCs com sistemas operacionais MacOS igual ou superior ao X 10.11, e nas versões de Windows 7, 8 e 10, além de ter também uma versão para IOS.

Para quem está em busca de um programa que ofereça facilidades semelhantes ao Movie Maker o ApowerEdit é uma boa opção, pois ele oferece todas as principais ferramentas para edição e montagem de vídeos como cortes, adição de áudios e legendas. E para facilitar ainda mais os usuários iniciantes, o programa ainda permite a inserção automática de transições entre as cenas além do bloqueio de faixas para evitar edição acidental.

Um recurso diferencial do ApowerEdit é a faixa exclusiva na linha do tempo para imagens e vídeos no modo picture in picture (PiP), funcionalidade bastante interessante para fazer sobreposições e comparações de vídeos. Os formatos de exportação suportados incluem MP4, AVI, WMV, MKV e MOV para vídeo e MP3 e AAC para áudio.

Prós

  • Interface simples e intuitiva
  • Modo Picture in Picture
  • Compatibilidade com mais de sete formatos de imagens

Contras

  • Versão grátis com marca d’água
  • Formas mais complexas de montagens não são possíveis
  • Não estabelece conexão com todos os tipos de smartphones

Substituto do antigo Wondershare, o Filmora Video é mais um editor dessa lista ideal para os usuários iniciantes. O programa funciona bem em PCs Windows 7, 8 e 10 e Mac igual ou superior ao 10.12, e apresenta um bom nível de recursos com efeitos de fácil aplicação. Uma vantagem do Filmora Video Editor é que ele se comporta bem mesmo nas limitações de computadores com pouca memória RAM e com placas de vídeo de menos fôlego.

Sua versão mais recente oferece um novo recurso de edição de áudio com novos efeitos sonoros, a possibilidade de remover planos de fundo das imagens, além de disponibilizar mais de 20 mil efeitos, através da integração com o Filmstock. O programa ainda possui ferramentas que ajudam a melhorar a qualidade de vídeos gravados em smartphones e câmeras mais simples.

Igual a outros editores da lista, o Filmora Video Editor oferece um período de teste grátis em que todos os recursos ficam disponíveis aos usuários, mas os vídeos exportados nessa versão acabam saindo com marca d’água. Outro aspecto negativo do Filmora é que no seu processo de instalação são adicionados aplicativos residuais da Wondershare, sem que o usuário seja informado da sua instalação, e depois da sua remoção esses apps continuam no PC.

Prós

  • Fácil de usar por iniciantes
  • Versão em português
  • Processador leve
  • Variedade de efeitos visuais e sonoros
  • Ferramenta que melhora a qualidade dos vídeos

Contras

  • Instalação de apps ocultos e sem utilidades
  • Versão gratuita impõe marca d’água

Mais um programa bem semelhante ao Movie Maker, e que pode ser um bom substituto para quem procura por um software igual ao editor do Windows, é o VideoPad Video Editor, desenvolvido pela NCH Software. O programa, que é gratuito, está disponível para download em PCs com sistemas operacionais Windows XP, Vista, 7, 8, 8.1 e 10, e promete qualidade nos resultados, com ferramentas fáceis e simples de usar.

Para usuários mais exigentes sua interface pode ser considerada poluída, pois deixa muitos recursos de edição a mostra, mas a ideia dos desenvolvedores é facilitar o acesso à todas ferramentas de que você precisa. E uma grande vantagem desse programa é a sua compatibilidade com a maioria dos formatos de áudio e vídeo existentes no mercado.

Em termos de funcionalidade, não é possível dizer que o VideoPad supera seus concorrentes, mas o programa ganha muitos pontos com usuários iniciantes pela sua facilidade de uso. Contudo, para quem tem dificuldade com o inglês talvez esse programa não seja o ideal, já que ele ainda não oferece versão em portugês.

Prós

  • Gratuito
  • Fácil de usar
  • Suporta diversidade de formatos
  • Acompanha plug-ins de edição de áudio e imagens

Contras

  • Não possui versão em português
  • Recursos limitados

Para os usuários profissionais de edição de vídeos, e que possuem computadores Apple, apresentamos o Final Cut Pro, desenvolvido atualmente pela empresa para seu sistema operacional MacOS. O software, que possui uma versão de testes grátis, oferece um editor avançado que promete um bom desempenho, especialmente na edição de vídeos em 4K.

De acordo com seus desenvolvedores, o programa foi criado para fluxos de trabalho totalmente digitais, e traz ferramentas avançadas de edição, como as palavras-chave por faixa e as Smart Collections, que permitem dar nome e marcar e filtrar arquivos. O programa ainda possibilita criar títulos em 3D e trabalhar sua iluminação, textura e animação.

Em sua nova versão o Final Cut Pro oferece suporte para ainda mais formatos de vídeos, incluindo o formato AVC-Ultra da Panasonic, XAVC S, XAVC e XDCAM da Sony e H.264 Long GOP da JVC sem precisar de nenhum tipo de plug-in, e aceita renderização e transcodificação com aceleração via GPU , com suporte para duas GPU’s caso você utilize o Mac Pro, e para arquivos XML 1.5, além de ser compatível com arquivos MXF e exportação mais rápida.

Prós

  • Software profissional
  • Edita vídeos em 4K
  • Suporta diversidade de formatos
  • Versão de teste grátis

Contras

  • Não está disponível para Windows
  • Custo de assinatura elevado

Considerado por muitos um dos programas mais completos para edição e montagem de vídeos, o Pinnacle Studio Plus é uma boa opção para quem procura um substituto do Windows Movie Maker. O programa é executado no Windows Vista, Windows XP e na família Windows 7, Windows 8.1, e Windows 10, e disponibiliza uma versão de testes grátis por 15 dias.

O software apresenta uma interface bem simples e intuitiva, igual ao Movie Maker, e suas abas definem exatamente qual a ordem de funcionamento do programa. O Pinnacle Studio permite ainda capturar seus vídeos diretamente de uma câmera ou de outras fontes, o que facilita a vida do usuário. Para a edição dos vídeos o programa traz vários modelos, pré-visualizações e configurações.

Um ponto negativo do Pinnacle Studio Plus é o seu tamanho robusto, o que faz necessário ter um PC com boa memória. Contudo, muitos usuários justificam essa questão considerando a quantidade de recursos que o programa disponibiliza e pela qualidade apresentada nos seus resultados.

Prós

  • Qualidade profissional
  • Possui versão em português
  • Bom nível de recursos

Contras

  • Versão de testes com recursos limitados
  • Disponível apenas para sistema Windows
  • Tamanho robusto

Mais um programa completo para Windows, o CyberLink PowerDirector promete está preparado para todas as etapas do processo na criação de mídia, como a captura, edição e gravação de DVD, possibilitando até mesmo fazer produções usando recursos 3D, além de disponibilizar uma ferramenta extra para gravação da tela do Windows.

Um dos grandes atrativos do CyberLink PowerDirector é a possibilidade de iniciar o programa por duas opções: a fácil, ideal para iniciantes pois organiza e edita os vídeos de forma bem simples e sequencial, igual ao Movie Maker; ou a versão completa, para os usuários mais experientes, que apresenta uma interface mais robusta, com todas as ferramentas e recursos necessários para um trabalho profissional.

Para completar a lista das principais funções, o CyberLink PowerDirector traz ainda recursos para edição de vídeos em 360º, e apresenta também uma função chamada “Express Project”, que é ideal para quem quer apenas fazer uma edição rápida para as redes sociais. Em poucos passos, o usuário consegue montar um vídeo e compartilhar com o Facebook, YouTube, Dailymotion e Vimeo sem sair da interface do programa.

O CyberLink PowerDirector pode ser instalado em computadores Windows 7, 8 e 10, e é uma boa alternativa para quem busca um programa parecido com o Movie Maker. Porém, apesar de oferecer uma versão para testes grátis, nem todos os recursos ficam disponíveis nesse formato.

Prós

  • Ferramentas para edição em 3D e 360º
  • Possui modo fácil e completo
  • Grava a tela do Windows
  • Compartilha com as redes sociais

Contras

  • Somente em inglês
  • Versão de testes limitada
  • Disponível apenas para Windows

Como você pode ver existem uma variedade de programas, iguais ao Movie Maker, para edição e montagem de vídeos que podem se tornar a sua opção na hora de decidir qual será a sua escolha para ser o substituto do Windows Movie Maker. Antes de escolher qual o seu editor de vídeo preferido avalie com cuidado todos os prós e contras encontrados em cada software. Aproveite para conhecer melhor o Movavi Video Editor Plus e descubra como editar os seus vídeos de uma forma muito mais fácil e prática, com resultado profissional.

* A versão gratuita do Movavi Video Editor Plus possui as seguintes restrições: período de avaliação de 7 dias, marca d'água nos vídeos de saída e, se você salvar um projeto como um arquivo de áudio, só poderá salvar metade do comprimento do áudio. Saiba mais

Rodrigo Alves

Rodrigo Alves é um redator com experiência em criação e tradução de textos sobre softwares para PCs, aplicativos móveis, plataformas SaaS, investimentos no mercado financeiro, inovações tecnológicas, ensino de idiomas, cultura e política. Além disso, Rodrigo é especialista em redação de notícias sobre a Catalunha. Desde 2018, é o editor-chefe do portal de notícias Aqui Catalunha, o primeiro e único em língua portuguesa exclusivamente dedicado à atualidade catalã. Tem formação acadêmica em Letras, e está em contínuo processo de aprendizagem e criação.