Movavi Video Converter

  • Conversão relâmpago rápido

  • Processamento em lote de ficheiros - qualquer número, qualquer tamanho

  • Sem perda de qualidade, mesmo com vídeos 4K

  • Fácil edição e compressão

MP3 vs. FLAC: Qual é o mais adequado para si?

Editado pela Rodrigo Alves
7 617

MP3 vs. FLAC

Como qualquer audiófilo lhe diria, a beleza de ouvir qualquer peça de música reside no ritmo. Como a transição das batidas de uma melodia para outra determinará a sua experiência global. Quer esteja a ouvir música, ou a envolver-se num tipo diferente de áudio, obter tudo isto em alta qualidade pode ser inestimável.

Claro, pode sempre procurar auscultadores com cancelamento de ruído e os mais recentes dispositivos áudio para melhorar a qualidade, mas entre as formas mais fáceis de desfrutar de áudio de qualidade seria escolher o formato certo. Na maioria dos casos, isto é tipicamente um "toss-up" entre MP3 e FLAC. A questão é, caso se escolha FLAC ou MP3, qual é a diferença entre eles, e como converter FLAC para MP3?

Aqui estão algumas ideias para o ajudar a comparar o FLAC com o MP3.

Também pode verificar Movavi Video Converter - uma ferramenta simples e eficaz para alternar entre formatos de vídeo, áudio e imagem.

MP3 vs. FLAC em poucas palavras

Para compreender verdadeiramente a diferença entre FLAC e MP3, é necessário compreender a diferença entre ficheiros com e sem perdas. Veja um exemplo das imagens que vê na Internet. Estas imagens vêm num formato comprimido. Para que sejam apresentadas, algumas partes das imagens têm de ser deitadas fora, para que possam ser comprimidas. No lado oposto, a parte perdida nunca pode ser recuperada - perde-se para sempre.

Este é o caso da natureza perdida dos MP3. É tipicamente comprimido, com parte dele raspado. Uma vez que se tente converter MP3 em WAV, mal se obtém a parte raspada. Do outro lado, se tentar converter o ficheiro WAV de volta para MP3, poderá na realidade perder mais do ficheiro.

No lado oposto, os ficheiros sem perdas vêm no seu formato original e sem compressão. Tal como no caso dos ficheiros zip, as compressões sem perdas tendem a diminuir o tamanho do pacote de áudio sem se livrarem de nada. Ao contrário dos ficheiros MP3, o FLAC vem no formato sem perdas, que pode ser convertido novamente para o seu formato WAV, onde pode ser restaurado para o formato original.

Necessidades de armazenamento

Os ficheiros MP3 têm de ser comprimidos com uma parte do ficheiro a ser raspada deles. Como resultado, os ficheiros virão com uma menor necessidade de armazenamento. Quando comparados com os ficheiros FLAC, os ficheiros MP3 necessitam de capacidades de armazenamento mais pequenas. No lado oposto, os ficheiros FLAC mal perdem o seu conteúdo, tornando-os rapidamente volumosos e inteligentes de armazenamento.

Qualidade de som

Devido ao seu formato com perdas, os ficheiros MP3 tendem a raspar parte do áudio para reduzir o seu tamanho. Idealmente, deveria utilizar psicoacústica para cortar os sons sobrepostos. Na maioria dos casos, os címbalos, guitarras e reverberação são a parte mais afectada pela compressão MP3, e podem soar distorcidos se for aplicada demasiada compressão.

No lado oposto, o FLAC mantém a qualidade do áudio que armazena. Não tem problemas auditivos como os ficheiros MP3. Funciona como um ficheiro zip, onde se testar o som do áudio, este será semelhante ao ficheiro descomprimido. Anteriormente, a única forma possível de obter ficheiros sem perdas era através do formato CD, CDA, ou WAV. No entanto, nenhum deles é tão eficiente em termos de espaço como os ficheiros FLAC.

Reprodutibilidade

O que o áudio baseado em MP3 tem de bom é que pode ser reproduzido de qualquer lugar. Quase todos os aparelhos modernos têm leitores de MP3, o que significa que não tem de se preocupar se um novo telefone irá reproduzir ficheiros MP3.

Os ficheiros FLAC são um pouco diferentes. Embora prometa alta qualidade de áudio, a sua popularidade não é como a da sua contraparte. Claro que há alguns telefones que vêm com leitores áudio que lhe permitirão reproduzir ficheiros áudio sem perdas, mas isto não é uma garantia. Pode sempre contar com aplicações de terceiros para isto. Melhor ainda, a popularidade dos ficheiros FLAC está a aumentar com o tempo, e os fabricantes estão a procurar satisfazer esta procura.

Quando deve utilizar o FLAC?

Só porque a FLAC assegura que o áudio mantém a sua autenticidade ao longo de todo o processo, não significa que deva ser sempre utilizado. Idealmente, o FLAC brilhará em áreas onde poderá ter necessidade de arquivar a sua música. Por exemplo, se estiver a tentar rasgar os seus CDs para um disco rígido antes de os guardar numa garagem, o FLAC pode oferecer-lhe uma solução.

Contudo, deve ter cuidado para que o FLAC utilize mais espaço do que o seu equivalente em MP3. Como resultado, poderá nem sempre ser a melhor opção para computadores portáteis com uma capacidade de armazenamento de 128GB - poderá ser melhor deixar algum espaço para aplicações e fotografias. Para tais dispositivos, pode ser ideal converter o ficheiro FLAC em MP3. Além disso, poderá ser necessária uma aplicação autónoma para reproduzir ficheiros FLAC em alguns dispositivos.

Quando deve utilizar MP3?

Como mencionado acima, os formatos de ficheiro MP3 não têm a mesma qualidade de áudio que o FLAC. Como tal, pode não ser a melhor opção para arquivar áudio. Embora nem sempre se note a diferença entre os dois, haverá alguma distorção da compressão do áudio. Felizmente, os dias em que a distorção em ficheiros MP3 era clara, já lá vão longe.

Hoje em dia, a tecnologia de áudio avançou tanto que poderá não notar qualquer diferença entre os ficheiros de áudio MP3 e o formato original. De facto, pode codificar a uma taxa elevada como 320kbps. Idealmente, o áudio MP3 é mais adequado para computadores portáteis e telefones. Uma vez que tem pouco armazenamento, permitir-lhe-á poupar algum espaço de áudio.

FLAC vs. streaming

Um dos principais concorrentes para os ficheiros MP3 ou FLAC é a indústria de streaming. Embora a maioria dos audiófilos estejam interessados em música que podem comprar em lojas de música, o streaming oferece uma variedade de opções para obter música de qualidade. O que os torna muito competitivos é o facto de alguns sites de streaming permitirem que as pessoas descarreguem música off-line e a ouçam - com uma assinatura paga.

De facto, alguns sites de streaming oferecem áudio no formato FLAC. Algumas das vantagens competitivas que os ficheiros FLAC ainda possuem são o facto de ser um tipo de negócio pago. Basta comprar um álbum FLAC, e utilizar os ficheiros durante muito tempo. Do outro lado, os sites de streaming normalmente precisarão que continue a pagar pela sua assinatura.

A não renovação da sua assinatura poderá levar à perda da sua lista de reprodução cuidadosamente curada. Além disso, os sites de streaming requerem sobretudo que tenha uma ligação à Internet. Mesmo aqueles que oferecem opções offline poderão ainda precisar que volte à Internet para ter acesso aos ficheiros ao fim de algum tempo. A FLAC, por outro lado, irá oferecer-lhe uma experiência offline de música de qualidade.

Onde encontrar ficheiros FLAC e MP3?

Os ficheiros MP3 podem ser encontrados em quase todo o lado, desde sites de streaming a sites de download de música. FLAC, por outro lado, exigirá que compre os ficheiros numa loja digital ou que os rasgue de um CD. Embora ripar seja tipicamente fácil, requer que utilize o software certo no seu computador. Alternativamente, pode confiar nos vários dispositivos que lhe permitem ripar e armazenar os ficheiros FLAC em discos rígidos sem ter de usar um PC.

Se quiser converter o FLAC para MP3, há uma variedade de software por aí, como a Movavi Video Converter, que pode utilizar. A maioria destas opções tende a ser bastante simples de utilizar.

O FLAC é melhor que o MP3 no showdown MP3 vs. FLAC? Sim, é. Oferecerá a melhor opção para áudio de alta qualidade. Quando se trata de preservar a música, esta é a melhor opção. No entanto, o MP3 pode ser a melhor opção quando se pretende armazenar ficheiros num dispositivo com armazenamento limitado. Felizmente, pode sempre converter entre ambos os formatos de áudio para uma experiência de audição. Sinta-se à vontade para utilizar a Movavi Video Converter para transformar os seus ficheiros FLAC em ficheiros MP3.

Perguntas frequentes

Qual é melhor: FLAC ou MP3?

Os arquivos de áudio no formato FLAC oferecem melhor qualidade de som do que o MP3. Isso ocorre porque não há compactação no formato FLAC, ao contrário do MP3, onde a compactação geralmente reduz a qualidade do som (assim como o peso do arquivo).

Quão boa é a qualidade FLAC?

O formato FLAC é uma das melhores opções no que diz respeito a qualidade de áudio porque é um formato sem perdas (não compactado) com alta profundidade de bits e taxa de amostragem. Isso resulta em arquivos de áudio com a qualidade de som mantida e muito semelhante à original.

Qual formato é melhor que o FLAC?

O FLAC é geralmente considerado o formato de áudio não compactado de melhor qualidade disponível atualmente. Embora existam algumas alternativas semelhantes, como o formato ALAC (Apple Lossless Audio Codec) suportado por dispositivos iOS, nenhuma é considerada superior.

O que é mais pesado: FLAC ou MP3?

Sendo arquivos de som compactados, a mesma faixa de áudio (com a mesma profundidade de bits e taxa de amostragem) pesará cerca de 50% menos em um arquivo MP3 do que em um arquivo FLAC. Isso, como já vimos, à custa de perdas na qualidade do som.

Inscreva-se para receber guias de instruções, ofertas especiais e dicas de aplicativos!